Quinta, 18 de Julho de 2024
Educação Combate ao racismo

Curso de letramento racial é aberto de maneira gratuita e online

20/06/2024 18h31 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Visando possibilitar a ampliação do debate em torno do racismo estrutural no Brasil, suas consequências contra a população negra e formas de combatê-lo, a consultora e especialista no tema Tainara Ferreira ministra o curso de letramento racial, de maneira totalmente gratuita.

O projeto conta com a parceria do Instituto Cultural Aruanda, responsável pela plataforma virtual EAD Ubuntu, onde a formação está disponível para todos que tiverem interesse em participar. As aulas de letramento racial são 100% online e não é necessário nenhum pré-requisito.

De acordo com Tainara, a ideia veio após observar a importância de tornar estas discussões em torno da equidade racial e justiça social no país mais acessível, com uma linguagem mais direta, dialogando com todos através do uso de meios artísticos (como filmes e músicas populares) e cotidianos, para exemplificar como este sistema funciona para colocar minorias invisibilizadas à margem da sociedade.

“Um dos nossos principais instrumentos de luta é a educação, e o letramento racial propõe essa formação decolonial, o entendimento do que nós somos dentro desta estrutura e como podemos integrar neste combate árduo que a população preta mantém há séculos. O foco é conscientizar, seja de qual classe, etnia ou gênero for, para entender esta mazela e se aliar à causa antirracista com propriedade no assunto”, destaca.

Para se inscrever no curso de letramento racial ministrado pela consulta, basta acessar este link, informar os seus dados pessoais e finalizar o cadastro na plataforma. Assim, o seu acesso às aulas automaticamente ficarão disponíveis.

A especialista aproveitou para agradecer ao instituto por possibilitar ser a responsável desta iniciativa e proporcionar a troca de saberes deste assunto tão essencial. "Garantir que este conhecimento seja gratuito é democratizar ele e foi por isso que topei na hora quando recebi o convite do professor Rodrigo Queiroz, idealizador da EAD Ubuntu da qual tenho a honra de ser docente e também aluna", disse.

A EAD Ubuntu é especializada na cultura afro-brasileira, sua religiosidade, história e relações étnico-raciais, trazendo em seu quadro grandes nomes do campo de conhecimento sobre estes assuntos que se entrelaçam com o percurso do país, dentre eles Tainara Ferreira.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias